Skip to main content

Procurar

22 de Outubro de 2010

A taxa de valorização anual do Índice Confidencial Imobiliário (ICI) para o Continente alcançou, em Agosto, os 0,9%, dando continuidade ao percurso de crescimento, ainda que lento, registado desde inicio do ano, altura em que esta taxe era de 0,2%.

Veja aqui o press release e a infografia

No que respeita a segmentação por estado de uso, o mercado dos alojamentos novos tem vindo a depreciar-se ao longo do primeiro semestre de 2010, com uma taxa de variação anual de 1,2% em Janeiro e de 0,8% em Agosto. Já no caso dos usados, o comportamento foi diferente. Depois de taxas negativas nos primeiros quatro meses do ano, a habitação usada entrou em terreno positivo em Maio, atingindo uma variação anual de 0,9% em Agosto.

Em termos mensais, a performance do ICI para o total do mercado Continental tem sido um pouco mais irregular. Se em Junho este indicador atingiu os 0,8%, entre Fevereiro e Abril a variação mensal entrou em terreno negativo, com quebras na evolução do ICI. Em Agosto, a variação mensal do ICI foi de 0,4%, valor atingido quer nos alojamentos novos quer nos usados e que representa uma descida face à valorização atingida por qualquer dos segmentos no final do primeiro semestre. De facto, o mês de Junho foi o melhor momento em termos de variação mensal quer para a habitação nova quer para a usada, com taxas mensais de 1,0% e 0,6%, respectivamente.

AM Lisboa acompanhou tendência de crescimento nacional
A Área Metropolitana de Lisboa (AM Lisboa) acompanhou a tendência de crescimento do ICI para o Continente, com uma evolução favorável da taxa de variação anual no primeiro semestre deste ano. Em Janeiro, a valorização anual da habitação na AM Lisboa era de 0,4%, chegando a Julho aos 0,9%.

Os alojamentos novos mantiveram o registo positivo nos primeiros oito meses do ano, mas o crescimento do ICI travou em alguns meses, como verificado no comportamento da taxa de variação anual. Assim, em Janeiro a valorização anual da habitação nova nesta região era de 2,2%, atingindo os 1,8% em Agosto. Os fogos usados têm um comportamento análogo ao dos novos, embora com valorizações mais reduzidas.

Sobre a Confidencial Imobiliário
A Confidencial Imobiliário é uma entidade especializada na produção de estatísticas sobre o mercado residencial. Um dos seus patrimónios é o Índice Confidencial Imobiliário, que conta com uma série de mais de 20 anos, sendo a medida para acompanhar a valorização do mercado habitacional português. A sua credibilidade e independência fazem com que esse índice seja usado e referenciado por entidades como o Banco Central Europeu, o Banco de Portugal e os Ministérios da Economia e das Finanças, para além do sector financeiro, promotores e meio universitário. Na vertente editorial, desde 2006 integra o Grupo Editorial Vida Económica, acentuando o seu perfil enquanto revista técnica, contando com análises estatísticas própria e conteúdos de parceiros de entidades de prestígio como a Abreu Advogados, o IPD – Investment Property Databank, o ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão, a PricewaterhouseCoopers, o RICS – Royal Institution of Chartered Surveyors e a ULI – Urban Land Institute.